Amom é o único que nunca usou ‘Cotão’ da Câmara de Manaus

Vereador mais novo da história da CMM é o único que nunca usou a verba para pagamento de aluguel de carros, gasolina e internet, economizando R$ 252 mil aos cofres públicos


Único entre os 41 vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) a não utilizar a Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP), o popular “Cotão”, Amom Mandel (Cidadania) já economizou R$ 252 mil aos cofres públicos, em 14 meses de mandato. As informações sobre a prestação de contas do uso da verba podem ser consultadas no site da CMM, na aba Transparência.


“Deixo de utilizar essa cota, justamente para que a população perceba que eu consigo levar o meu mandato, sem utilizar esses valores. E mesmo assim, faço tudo e mais um pouco do que outros parlamentares fazem.”, explica Amom Mandel.


Amom foi um dos quatro vereadores contrários ao aumento de 83% do Cotão, votado em regime de urgência na última sessão plenária de 2021. Com o reajuste, a verba de R$ 18 mil chegou a R$ 33 mil disponibilizados mensalmente aos parlamentares para gastos com aluguel de veículos, combustível, divulgação das atividades parlamentares e internet. O vereador ajuizou também um mandado de segurança contra o aumento, que posteriormente foi barrado pela Justiça do Amazonas.


Projetos sociais


Paralelo aos trabalhos legislativos, Amom Mandel mantém quatro projetos sociais de diferentes segmentos que funcionam com a participação de voluntários. Com mais de 1,6 mil árvores plantadas em Manaus, o projeto Galho Forte atua com o objetivo de aumentar a arborização da capital amazonense e incentivar a educação ambiental da população.


Outro projeto idealizado por Amom é o Caravana das Letras, voltado ao incentivo da leitura e atividades culturais, como saraus, mesas de debates e feiras literárias, ocupando espaços sociais importantes para estimular o desenvolvimento educacional da população. Além destes, os projetos Amadeu, que incentiva a atividade esportiva em Manaus e o Epifania Literária, que abre espaço para a escrita de textos opinativos.


Texto: Déborah Arruda

Fotos: Bia Pereira


Leia mais: https://blogdomoisesdutra.com.br/post/amom-e-o-unico-que-nunca-usou-cotao-da-camara-de-manaus/



0 visualização