top of page
Buscar

Conheça os dossiês do Gabinete do Amom

Atualizado: há 1 dia

Entre 2021 e 2022, o Gabinete do Amom recebeu inúmeras denúncias por meio das redes sociais e do site. A partir das informações e demandas recebidas, a equipe apurou e produziu quatro dossiês ou relatórios com denúncias de diversas irregularidades cometidas pelo Poder Público em Manaus.


O primeiro relatório, divulgado em agosto de 2021, reuniu informações sobre a distribuição de cestas básicas com alimentos vencidos à população manauara, parte de um esquema de corrupção na Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania de Manaus (Semasc) e na Comissão Municipal de Licitação (CML), órgão vinculado à Casa Civil de Manaus.


O procedimento licitatório para a aquisição de 15 mil cestas básicas ultrapassou o valor de R$ 2,1 milhões. Após fiscalização, foi constatado que produtos das cestas foram trocados por outros de qualidade inferior, inclusive com alimentos fora do prazo de validade.


O segundo, estava relacionado à infraestrutura de escolas públicas municipais. A equipe do Gabinete do Amom flagrou banheiros sem iluminação, fios expostos, falta de saída de emergência, salas de aula sem ar-condicionado e ausência de álcool em gel, situação que prejudicava o pleno funcionamento da instituição.


O terceiro dossiê denunciou a distribuição de merenda escola com produtos alimentícios vencidos em escolas e creches públicas de Manaus. Durante fiscalização realizada por meio da Ouvidoria da Câmara Municipal de Manaus, foram encontrados mais de 100 potes de margarina vencida, a ser consumida pelos alunos das unidades de ensino.


O último, divulgado no segundo semestre de 2022, reuniu denúncias sobre irregularidades no sistema de mobilidade urbana de Manaus. Foram apresentadas informações sobre os contratos com as empresas de ônibus, impasses judiciais e gastos realizados pela Prefeitura de Manaus, desde a primeira licitação do transporte público.




Confira na íntegra os quatro dossiês:









bottom of page