Lojistas acionam vereador Amom e denunciam demora em obra para fechar cratera no Centro de Manaus




Segundo a Defesa Civil, prédios “não correm riscos”, mas a cratera na rua Henrique Martins só aumenta desde maio de 2020


O vereador Amom Mandel (PODE) esteve no fim da manhã nesta quinta-feira (01/04), a pedido de comerciantes e populares, na Avenida Henrique Martins, Centro de Manaus. O parlamentar foi conferir de perto a situação de uma cratera que se abriu no local e coloca em risco a população, prédios vizinhos, além de prejudicar o trabalho de empresários. “Esse é um problema que se arrasta desde 2020 e pelo visto vai seguir por mais tempo. Essa cratera só aumenta e prejudica comerciantes em um momento tão sensível da nossa economia”, disse Amom Mandel.


O comerciante Firas Traireh, um dos que acionaram o parlamentar, afirma que com as recentes chuvas existe um medo de seu Imovel, onde funciona uma sapataria, desabar. “A gente percebe claramente que o risco só aumenta. Além do prejuízo econômico, temos o prejuízo psicológico para funcionários e um perigo para quem passa por aqui”, lamenta o comerciante.


Após a chegada do vereador ao local, uma equipe da Defesa Civil do Município chegou ao espaço para fazer uma avaliação dos riscos da área. O diretor de operações do órgão garantiu ao parlamentar que não há risco de novos desabamentos. “A gente fez uma avaliação dos imóveis ao redor e podemos garantir que nesse momento não há risco dos prédios desabarem”, afirmou Major Falcão.


#Problema é antigo#


A Defesa Civil de Manaus informou ao parlamentar que a cratera é uma ocorrência conhecimento do município desde maio de 2020 e aumentou após a demolição de um prédio construído em cima de uma galeria que corta a rua. Apesar disso, quase um ano depois, o Poder Executivo ainda não deu solução para o problema.


“É incrível como a burocracia e falta de sensibilidade só fizeram o problema aumentar. A gestão anterior não resolveu e a nova administração está fazendo, neste momento, umaavaliação no local e espera o resultado de uma licitação para começar a resolver o problema. Ou seja, não há celeridade. Comerciantes estão prejudicados, pessoas perderam o emprego e tudo vai ficando por isso, infelizmente”, disse Amom.


O vereador informou que irá enviar solicitação formal à Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) pedindo o plano e o projeto básico para execução da obra de reparos no local.




Fotos: M Lucian/Equipe Amom



Assessoria do vereador Amom Mandel

Mário Marinho - 92 98220-1006




1 visualização0 comentário